A+ A- Tamanho Original
logo webmail Facebook Whatsapp YouTube

Nota de Repúdio - Minorias

Diante da inquietação da categoria e solicitação de posicionamento da Psicologia pernambucana, este Conselho vem a público manifestar seu repúdio.

23.10.2018

“As minorias têm que se calar, se curvar à maioria. As leis devem existir para defender as maiorias. As minorias se adequam, ou simplesmente desapareçam. (Discurso em Campina grande, 2017)”

O Conselho Regional de Psicologia de Pernambuco – 2ª Região (CRP-02) repudia veementemente a fala acima, amplamente divulgada nas redes sociais em que um candidato à presidência da República do Brasil se refere aos grupos minorizados, historicamente alvos de violências múltiplas, sofrendo prejuízos de ordem individual, coletiva e social, corroborando para o sofrimento psíquico de todas e todos.

O discurso proferido pelo candidato, sugere o silenciamento e o subjugo de tais grupos como forma de enfrentamento às diferenças. Desqualifica o lugar de resistência desses grupos minoritários e suas batalhas travadas histórica e socialmente por garantia de direitos fundamentais a todas/os, por uma sociedade democrática e fraterna entre os diferentes.

Comprometida com o Estado democrático de Direito e Direitos Humanos, a Ciência da Psicologia não reconhece a submissão de pessoas ou grupos a outras pessoas e/ou grupos como promotoras de saúde mental. Nossas pesquisas apontam para o diálogo, cooperação mútua e equidade como alternativas na resolução de conflitos e enfrentamento às diferenças para a construção de uma sociedade igualitária, fraterna e promovedora de saúde integral.

Nossa Ciência propõe o estabelecimento de regras que coloquem em condições de igualdade pessoas e grupos que historicamente foram alijados de direitos sociais e considerados inferiores, anormais, doentes etc por motivos de gênero, raça, orientação sexual, crenças, entre outros.

Todas as pesquisas em Psicologia concluem que o silêncio opressor adoece, desqualifica e humilha o ser humano. Os grupos minorizados precisam ser escutados e tem o mesmo direito à democracia como qualquer outro. Suprimir os direitos fundamentais e oprimir pessoas e/ou grupos põe em risco a democracia e a qualidade de vida das pessoas e essa Ciência não pode silenciar diante de tal discurso.

Clique no mapa para ampliar mapa

SEDE

Rua Treze de Maio, 47, Santo Amaro - Recife - PE
CEP: 50.100-160
Horário de atendimento: Segunda a Quinta-feira das 08h as 18h
Sexta-feira das 08h as 12h
Fone: (81) 2119-7272
E-mail: crppe@crppe.org.br

SUBSEDES

Caruaru
Avenida Agamenon Magalhães, 1053 / 2 andar, sala 205,
Empresarial Boulevard, Caruaru-PE / CEP: 55014-000
Fone: (81) 3721-6774 / (81) 98379-8586
E-mail: crppe.valedoipojuca@crppe.org.br

Garanhuns
Rua Djalma Dutra, 276-A sala 18
Heliópolis, Edificio Salute, Garanhuns-PE / CEP: 55296-288
Fone: (87) 3761-3299 / (81) 98379-8584
E-mail: crppe.agrestemeridional@crppe.org.br

Petrolina
Avenida Guararapes, 1934 / Sala 02 - Galeria Madre Pérola
Petrolina-PE / CEP: 56302-000
Fone: (87) 3864-6728 / (81) 98379-8587
E-mail: crppe.sertaosaofrancisco@crppe.org.br

Todos os direitos reservados © Copyright 2015 - Conselho Regional de Psicologia Segunda Região - CNPJ: 37.115.516/0001-91

Desenvolvimento